logo alto.fw.png

     A Inteligência Emocional está relacionada a algumas habilidades, tais como, motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações, controlar impulsos, como também motivar pessoas ajudando-as a liberarem seus melhores talentos, e execução do seu chamado e missão.

 

Porque, embora seja livre de todos, fiz-me escravo de todos, para ganhar o maior número possível de pessoas.

1 Coríntios 9:19

     Basicamente, inteligência emocional é a habilidade que uma pessoa tem de perceber, entender, avaliar e administrar suas próprias emoções e também as emoções dos outros, de maneira positiva.

 

CINCO ÁREAS DE HABILIDADES:

     AUTOCONCIÊNCIA

     Uma pessoa emocionalmente inteligente aprende a identificar suas áreas de força e de fraqueza e aprende a se relacionar bem com isso. Reconhecer um sentimento enquanto ele ocorre examina o que está sentindo e o efeito dessa emoção e identifica-as e não as ignora.

     Um grande fator do autoconhecimento é ser honesto consigo mesmo sobre quem você é. Saber onde você se sai muito bem e onde você tem dificuldade e aceitar. Essa consciência gera a autoconfiança.    

     O autoconhecimento está sempre se autoavaliando, seus atos, seus comportamentos e ajusta para um posicionamento e reflete sobre suas ações e reações. Pensa nas consequências dos seus comportamentos entende que a vida é uma construção de amor e admiração.   

                    

Eles foram para Betsaida, e algumas pessoas trouxeram um cego a Jesus, suplicando-lhe que tocasse nele.
Ele tomou o cego pela mão e o levou para fora do povoado. Depois de cuspir nos olhos do homem e impor-lhe as mãos, Jesus perguntou: "Você está vendo alguma coisa? "
Ele levantou os olhos e disse: "Vejo pessoas; elas parecem árvores andando".
Mais uma vez, Jesus colocou as mãos sobre os olhos do homem. Então seus olhos foram abertos, e sua vista lhe foi restaurada, e ele via tudo claramente.
Jesus mandou-o para casa, dizendo: "Não entre no povoado! "

Marcos 8:22-26

 

     Suas reações são generosas e esta sempre surpreendendo. Sempre antes de criticar ou apontar um erro primeiro elogia e conquista o coração das pessoas. Entende o principio da reconciliação e economiza nos argumentos e prefere ganhar pessoas do que ganhar nos discursos. Tem facilidade de pedir perdão e conhece o poder da restauração e restituição.

     As inabilidades da autoconsciência é impulsividade. Fere com frequência pessoas que ama. As consequências são inquietação e irritabilidade também ausência de compaixão e generosidade.

 

AUTOCONTROLE

     Habilidade de administrar seus próprios sentimentos e emoções, as inseguranças, temores, medos e angústias posicionando diante de situação estressantes. O autocontrole tem paciência, tranquilidade e domínio próprio, respeito sua própria liberdade.  Entende que a tolerância são armas de quem pensa.     

Passando por ali, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria, e disse-lhe: "Siga-me". Mateus levantou-se e o seguiu.
Estando Jesus em casa, foram comer com ele e seus discípulos muitos publicanos e "pecadores".
Vendo isso, os fariseus perguntaram aos discípulos dele: "Por que o mestre de vocês come com publicanos e ‘pecadores’? "
Ouvindo isso, Jesus disse: "Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes.
Vão aprender o que significa isto: ‘Desejo misericórdia, não sacrifícios’. Pois eu não vim chamar justos, mas pecadores". Mateus 9:9-13

     A inteligência emocional é a capacidade de reconhecer de onde vêm estas emoções e saber por que está chateado e conseguir administrar os sentimentos sem deixar cair o seu rendimento e relacionamento. Consegue se concentrar no que esta fazendo e finalizar todas as suas tarefas e obrigações, mesmo com o humor triste e/ou aflito.

     As inabilidades do autocontrole são emoções instáveis e flutuantes, insegurança e ansiedade. As conseqüências são as dificuldades de relacionamentos.

 

          AUTOMOTIVAÇÃO

     É a capacidade de sobreviver às intempéries da vida de suportar tensões, pressões e adversidade. Posicionando-se em assumir formas para manter a sua integridade. Diante de emoções negativas não perde o controle preserva a sua essência tornando-se uma pessoa segura emocionalmente e que não se submete as derrotas. Consegue se automotivar e seguir em frente, mesmo diante de frustrações e desilusões. Usam as dificuldades, crises, perdas e diversidades como oportunidades.

 

Então Jesus foi com seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: "Sentem-se aqui enquanto vou ali orar".
Levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.
Disse-lhes então: "A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem comigo".
Indo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: "Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres".
Então, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. "Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora? ", perguntou ele a Pedro.
"Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca".
E retirou-se outra vez para orar: "Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade".
Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados.
Então os deixou novamente e orou pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.
Depois voltou aos discípulos e lhes disse: "Vocês ainda dormem e descansam? Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos de pecadores.
Levantem-se e vamos! Aí vem aquele que me trai! "

Mateus 26:36-46

 

     Resiliência é o termo utilizado para falar da disposição de lidar com as adversidades do passado, bem como aprendemos com os processos do presente. Habilidade de voltar rapidamente para o seu estado de saúde emocional e espiritual depois de passar por doenças e dificuldades.

 

Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança;
a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.
E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu.

Romanos 5:3-5

 

Resiliência significa que desenvolvemos músculos emocionais quando passamos pelas provas e aprendemos com elas, ganhamos consistência para enfrentar os outros dificuldades e desafios e nos tornamos mais ousados mais corajosos, mas dispostos a cumprir os propósitos de Deus em nossa vida. Entender que as decepções e as adversidades podem nos construir ou nos destruir.

As Inabilidades do autocontrole é humor depressivo e irritadiço. As consequências são impulsividade e reações imaturas. Diante de sofrimentos decepções e adversidades não amadurece, não constrói uma personalidade transformada.  Acaba vivendo um ciclo de autos e baixos emocionais.

 

EMPATIA

A empatia é a habilidade de transitar com suavidade nas relações traumáticas e difíceis com paciência e tranquilidade. Ser empático é solidarizar com o sofrimento do próximo se identificando de tal forma, de caminhar a segunda milha com elas (Mt 5.41). 

Quem desenvolve a empatia têm plena consciência que somos seres humanos acima do intelecto ou do conhecimento. Muitas vezes, em uma boa parte do tempo, estamos completamente concentradas em nós mesmos, ou absorvidos com nossos interesses, e simplesmente não percebermos as pessoas, e suas necessidades.  Pessoas empáticas desaceleram para prestar atenção nas outros, se submete em sair ligeiramente do seu caminho para ajudar alguém. Extremamente sintonizadas com os sentimentos dos outros com generosidade, compaixão e desprendimento.

 

Logo depois, Jesus foi a uma cidade chamada Naim, e com ele iam os seus discípulos e uma grande multidão.
Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela.
Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: "Não chore".
Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Jesus disse: "Jovem, eu lhe digo, levante-se! "
Ele se levantou, sentou-se e começou a conversar, e Jesus o entregou à sua mãe.
Todos ficaram cheios de temor e louvavam a Deus. "Um grande profeta se levantou entre nós", diziam eles. "Deus interveio em favor do seu povo".
Essas notícias sobre Jesus espalharam-se por toda a Judéia e regiões circunvizinhas.

Lucas 7:11-17

 

     O altruísmo é o segredo da afetividade social a capacidade de se colocar no lugar dos outros de se doar de cuidar e de proteger. Habilidade de reconhecer as emoções de outras pessoas e agir com sensibilidade as suas necessidades.

   As Inabilidades desenvolvem egoísmo e individualismo. As consequências é o estrelismo uma necessidade egocêntrica de ser o centro das atenções sociais.

ALTRUÍSMO É O SEGREDO DA PAIXÃO PELA HUMANIDADE

CARISMA E O SEGREDO DA PAIXÃO PELA VIDA.

 

          CARISMA

     Existem dois tipos de carisma o social e o pessoal. O social é encantar as pessoas e surpreendê-las.  O pessoal se amar se respeitar.  Seu olhar para as pessoas é com simplicidade, igualdade e gratidão.                 

   O carisma conduz a pessoa a viver melhor, amar mais, curtir mais a vida. Têm um coração predisposto a perdoar.  Não têm medo de pedir perdão quando errarem porque entendeu que a autoridade e o respeito crescem dentro das pessoas quando nos diminuímos.

 

Estando Jesus numa das cidades, passou um homem coberto de lepra. Quando viu a Jesus, prostrou-se com o rosto em terra e rogou-lhe: "Se quiseres, podes purificar-me".
Jesus estendeu a mão e tocou nele, dizendo: "Quero. Seja purificado! " E imediatamente a lepra o deixou.
Então Jesus lhe ordenou: "Não conte isso a ninguém; mas vá mostrar-se ao sacerdote e ofereça pela sua purificação os sacrifícios que Moisés ordenou, para que sirva de testemunho".

Lucas 5:12-14

 

   A capacidade de encantar, envolver e surpreender a si mesmo e aos outros. A habilidade de entender com amabilidade outras pessoas com o papel do mediador prevenindo e resolvendo conflitos.

    Tem habilidade de liderança e iniciativa com sensibilidade, identifica as habilidades das pessoas, incentivando-as e estimulando-as a desenvolvê-las. Coordena um grupo com espontaneidade com inspiração e as oportunizando a desenvolver seus próprios talentos.

     AS INABILIDADES são nos relacionamentos. Acaba desenvolvendo o egoísmo e liderança centralizadora. Prática a autopromoção exalta exageradamente seus feitos. As consequências são o ciúme e inveja com o sucesso e a felicidade dos outros.